2.7.05

Declarações polémicas

Nem todo o burocrata é mesquinho e sádico.

Ainda há povos felizes.

Não sou excluído social, não existem excluídos sociais, excluída social era a tua avó.

Deus existe

Os bancos só emprestam dinheiro a quem provar não precisar dele.
Caro senhor, a sua declaração supra contém manifestos erros técnicos. A Banca empresta dinheiro a quem o pedir com bons modos e se apresentar com uma gravata decente.

Às vezes também o burocrata se perde nos meandros dos seus sentimentos.

Se, do teu quilo e meio de belas maçãs starking, deres as duas melhores ao excluído, Deus recompensar-te-á.

Está tudo bem, o que eles têm é inveja.

Devagar se vai ao longe.

Agustina Bessa-Luís, sem dúvida a melhor escritora portuguesa viva.

Os burocratas vão e vêm, as secretárias ficam.

Se os blogues literários não se metessem tanto em política, o défice catastrófico até que se endireitava.

Excluindo os incontornáveis, aliás mortos, Camões, Fernando Pessoa, Sophia e Eugénio, Herberto Hélder é sem dúvida o melhor poeta português vivo.

O Porto é uma nação.

---------- é sem dúvida o melhor escritor português vivo (preencher).

Se juntarmos esforços, se nos dermos as mãos, se unirmos vontades, se o que lá vai lá vai e o que é preciso é olhar para a frente, se pararmos para pensar, oh, oh!

Filipe Guerra

1 Comments:

Anonymous jm said...

Acrescentaria às declarações polémicas: Deus não existe, não os queremos cá (aos indianos e chineses), o Camilo não é do Porto mas o Eça é (Póvoa), etc., etc., etc.

11:15 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home