21.6.05

Pulido Valente

Valente Pulido adopta a táctica do seleccionador de bancada: diz sempre mal. Se a Selecção ganhar, ninguém se lembra. Se perder, diz: «Eu bem tinha dito.»

É fácil, é barato, dá milhões.

2 Comments:

Anonymous hmbf said...

aí está um dos deprimidos da vida que me irritam solenemente. chato do camandro, esse pulido...

12:06 da tarde  
Anonymous Zé Povão said...

A minha opinião é esta: parece-me que o dilema do Vasco Pulido Valente se assemelha ( com as óbvias distâncias!) ao de uma certa extrema direita portuguesa: querem preservar a 'pureza' da raça portuguesa, que se caracteriza fundamentalmente por não ser 'pura'... Contudo, não levam isto às últimas consequências lógicas - em extremo, a inevitável auto-agressão, por eles próprios não se enquadrarem nos esquemas que idealizam. Com o Pulido sucederá algo parecido: parece querer regenerar Portugal, mas, a vários títulos, continua sem ser diferente dos portugueses que tanto desconsidera, da forma altaneira que é conhecida...
O que, diga-se de passagem, tem dado resultado. Para ele.

1:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home