16.3.04

Post Scriptum #174


Quem se tem sentido irritado com as manobras de promoção do próximo livro de José Saramago, "Ensaio sobre a Lucidez", levante o braço. As referências às eventuais qualidades literárias do romance (vindas, obviamente, de quem pôde lê-lo antes de publicado) foram eclipsadas pelas promessas, em tom ameaçador, de críticas dirigidas a todo o ser vivo que se mexa, instituições incluídas. O que não fazem certos escritores para vender o seu produto!